21/10/2013

Velando



Era noite, enquanto você dormia eu velava seu sono, entrava em seus sonhos e fazia-me presente em casa suspirar de sua alma.
Menino perdido, criança tola, brincastes com isto,descansa em paz...
Vedes que nem tudo que se vê é..
Perceba o que anda por trás do véu..
Sinta a paz do meu toque.
Durma bem em meus braços, sou seu consolo, sua loucura, sua vida, sua insanidade, sua tortura, sua morte.
Sou tudo nesse universo de ilusões...
Sou Deusa, sou tua..
Menino meu, descace em mim..
Fique sempre aqui..

By Lilyth